Acolhimento da Pessoa Amputada

No Teleatendimento: realizamos o acolhimento dos pacientes encaminhados ao RAMP e também daqueles que nos procuram a partir do site. 

Nesse acolhimento buscamos organizar as prioridades no tratamento e/ou atividades essenciais.

Hospital Parceiro na Grande Florianópolis: inovamos a atenção da pessoa recém-amputada com o acolhimento *presencial no ambiente hospitalar.

 

A notificação da amputação é realizada por profissionais de saúde que trabalham no hospital. Chamamos este acolhimento de "Conversa no Leito".

 

*esta atividade por ser presencial está suspensa por conta da Pandemia da COVID 19.

Inovamos a atenção hospitalar e desenvolvemos uma metodologia de acolhimento com a conversa no leito com enfoque a retirada de dúvidas sobre o processo de reabilitação e a entrega de um Kit personalizado do RAMP.

Este Kit é composto por uma sacola ecológica que contém manuais informativos para o paciente recém-amputado, uma faixa elástica para o enfaixamento do coto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com esta ação buscamos que o paciente inicie a reabilitação de forma precoce pós alta hospitalar com emponderamento da pessoa que sofreu a amputação e da família para o manejo adequando frente a sua nova condição de saúde.

 

Captura de Tela 2021-06-21 às 15.47.51.png
Female Patient_edited.jpg

Os voluntários auxiliam no Acolhimento sob a supervisão de profissionais experientes.

Acolher é conhecer! 

 

Acolher é dialogar!

 

Acolher é exercitar a generosidade!

 

Acolher é se doar!

Acolher é um ato de amor!